Let’s Talk About [Games]: O clássico punk-hardcore Battletoads!

Battletoads é um dos games mais lendários já lançados para videogames! E muito da sua fama se deve a sua extrema dificuldade, sendo, talvez, o jogo mais difícil já lançado para consoles.

O jogo, um verdadeiro clássico da pancadaria, foi lançado em 1991 pela empresa Tradewest (sendo desenvolvido pela Rare) e popularizado principalmente em duas plataformas: Megadrive e SNES.  O enredo gira em torno de dois sapos mutantes adolescentes, Rash e Zitz, que devem salvar seu irmão Pimple e a Princesa Angelica da malvada Dark Queen, líder do planeta Ragnarok, com a ajuda do Professor T. Bird e sua nave espacial, The Vulture.

A jogabilidade é o tradicional 2D “beat-em-up” em que o jogador avança andando pela direita derrotando inimigos e obstáculos até chegar ao big boss no final da fase, a exemplo do também clássico Streets of Rage (game que eu farei uma análise em outra oportunidade). O game ficou famoso não só pela sua dificuldade elevada mas também pelo humor visual (os golpes finais dos Toads são bastante engraçados), pelos gráficos avançados para a época e pela ótima trilha sonora.

"It's too orangey for crows." Not sure how the Kia Ora crows ended up in Battletoads.

Em contraste com muitos jogos, que se tornam gradualmente mais difíceis, a terceira fase de “Battletoads” apresenta um grande aumento de dificuldade ( a terceira fase, também conhecida como fase da corrida ou o windtunnel). Para agravar este problema, “Battletoads” dá ao jogador limitados “continues” ao ser derrotado (muitos outros jogos deste porte dão ilimitadas chances), e não tem password para salvar a posição do jogador. Apenas os mais dedicados jogadores chegam até a metade deste jogo.

Dois jogadores cooperando um com o outro geralmente terminam um jogo mais facilmente, mas “Battletoads” se torna mais difícil desta maneira, principalmente nas fases de corrida. Se um dos jogadores colidir com um obstáculo durante a corrida, ambos voltam ao início da fase, reiniciando tudo.

Punching out the robots let you use their legs as a weapon.

Além do jogo de 1991, foi lançada em 1993 uma versão chamada “Battletoads & Double Dragon”, um crossover entre os sapos e os personagens da série “Double Dragon”, sendo mantidas várias das características do jogo original.

Esse grande clássico dos games é recomendado apenas para os jogadores mais experientes e que tenham bastante tempo e paciência para passar várias horas jogando e se aperfeiçoando nas fases dificílimas. Senão, meu amigo, será game over na certa!

OBS: No segundo vídeo que eu postei aí embaixo, um cara, milagrosamente, conseguiu passar de uma das fases mais hardcores do game: a já citada windtunnel (percebam que a velocidade dos obstáculos no final da fase é absurda!), um feito para poucos gamers, diga-se de passagem!

Eduardo Vasconcelos

Anúncios
Esse post foi publicado em Games. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Let’s Talk About [Games]: O clássico punk-hardcore Battletoads!

  1. Peron disse:

    Como eu já te disse, essa windtunnel aí é só decorar. E nessa era de emulador então…

  2. robsonb disse:

    O primeiro vídeo é do NES (8bits)… joguei os 3 (esse do NES, do SNES e o com Double Dragon)… o do NES nem tanto, mas o do SNES é difícil mesmo, nunca passei dessa fase da corrida no console… :/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s